_DSC4915.JPG

_DSC4915.JPG

IMG_7000.JPG

IMG_7000.JPG

IMG_6960.JPG

IMG_6960.JPG

IMG_6069.JPG

IMG_6069.JPG

IMG_6000.JPG

IMG_6000.JPG

IMG_5364.JPG

IMG_5364.JPG

Parte2 (893).JPG

Parte2 (893).JPG

Parte2 (707).JPG

Parte2 (707).JPG

Parte2 (707).JPG

Parte2 (707).JPG

DSC_0842.JPG

DSC_0842.JPG

Parte2 (499).JPG

Parte2 (499).JPG

Parte2 (694).JPG

Parte2 (694).JPG

TREMELGAS

DOS 15-16 ANOS
Tremelgas.jpeg

Tremelga, nome científico: Torpedo torpedo

 

Esta bicharada gosta de ficar parada o dia todo sem fazer nada. Não que seja incapaz de trabalhar mas não vende barata a disponibilidade para abandonar os fundos macios que escolhe para se alhear das maçadas da vida.

 

Embora dê mergulhos muito mais profundos, o seu habitat natural é perto da costa, onde as ondas são divertidas mas não obrigam a esforços demasiado violentos. A tremelga tenta não ser confundida com seres voadores que nos melgam a vida mas também ainda não arrisca mudar de cores fora da água. Está mais à procura de sobreviver ao momento presente do que de conquistar o planeta. Podemos dizer que ela se sente bem na expectativa, não é de se atirar sem primeiro tirar as medidas ao peixe que tem à frente. Olha com uma certa desconfiança antes sequer de mostrar que lhe está a prestar atenção. Este comportamento dá-lhe, nos fundos oceânicos, a fama de ser mal encarada, parva e mimada mas ela só tem algum receio de intervir sem ser chamada. É que quando uma tremelga se mexe é a maior confusão no fundo do mar. Cada pequeno movimento levanta imensa areia à sua volta, dai a cautela em avançar; não vá acontecer, estar uma outra tremelga por perto a ver tanta confusão sem motivo.

 

Uma vez que perde o medo de dar nas vistas, ela é a rainha do mar! É um Torpedo que brilha tanto que chega a dar choques electricos de 200 volts!

 

Manel Cardoso